Ingram Micro Brasil passa a distribuir a linha Logitech G, de soluções para gamers

Periféricos Logitech G já estão disponíveis para revendas Ingram Micro de todo o país

A Ingram Micro Brasil acaba de anunciar que está ampliando  sua parceria com a Logitech  e que, a partir de agora, passa a distribuir também a linha Logitech G,  composta por mouses, mousepads, teclados, headsets, volantes e sticks específicos para gamers.

A entrada da linha Logitech G no portfólio fortalece nossa liderança como um distribuidor completo e atento aos movimentos do mercado. A indústria de games é uma das que mais cresce no mundo, o Brasil tem mais de 75 milhões de jogadores e a Logitech é uma das principais marcas desse segmento. Ou seja, tudo em linha com nossos objetivos de atender os revendedores com o que seus clientes querem e com o que há de melhor”, diz Sandra Fantoni, Marketing/C&C Product Director da Ingram Micro.  

Para a Logitech, a força e penetração da Ingram são estratégicos para a empresa. “Parceiros como a Ingram são altamente importantes para a Logitech. São eles que garantem a distribuição e expansão dos pontos de venda e facilitam que os clientes encontrem com mais facilidade toda nossa linha de produtos”, comenta Jairo Rozenblit, Country Manager da Logitech Brasil.

A linha Logitech G será distribuída pela área gamer da Ingram Micro Brasil, criada em 2018 e que já conta com marcas como Acer, AOC, Dell, LG, PlayStation, Xbox e ViewSonic. “Trabalhamos com os mais variados segmentos e verticais do mercado de tecnologia com o objetivo de atender a todas as indústrias e demandas dos nossos canais, fornecedores e clientes, que vão desde soluções de alto valor até produtos voltados para o entretenimento”, completa a diretora.

Interessados em revender os produtos Logitech G podem entrar em contato com a Ingram Micro, pelo telefone (11) 2078-4300 ou acessarem o e-commerce de  distribuidora no link br.ingrammicro.com.

A evolução do data center tem nome: Hiperconvergência

Entenda o que é a tecnologia de infraestrutura hiperconvergente, seus benefícios e qual sua melhor aplicação

Nos últimos anos, a indústria de tecnologia para data center conviveu com enormes mudanças, alguns paradigmas foram quebrados e seus conceitos revistos. Primeiro veio a virtualização, que estremeceu as bases sólidas com a multiplicação de hardwares em máquinas virtuais. As tecnologias de storage baseadas em softwares e hardwares cada vez mais velozes e com alta capacidade de armazenamento removeram alguns alicerces da fundação. E por fim a computação em nuvem definitivamente levou para os ares todo o conceito de infraestrutura física.

Da combinação de todas essas inovações está a tecnologia hiperconvergente. Basicamente a hiperconvergência ou infraestrutura hiperconvergente (Hyper-Converged Infrastructure) ou HCI, em inglês, é uma estrutura de TI que combina armazenamento, rede, computação e virtualização em um único sistema.

Para entender na prática o conceito de hiperconvergência é preciso ter em mente o que é interoperabilidade. Interoperabilidade é a arte de se trabalhar com várias tecnologias dentro de um único sistema, onde todas elas podem conversar entre si.

É exatamente isso que a hiperconvergência faz, oferece total interoperabilidade entre todas as camadas de tecnologia do data center, seja rede, parque tecnológico, segurança ou nuvem, integrando todos os workloads e oferecendo uma visão única e integrada de todos os sistemas.

Benefícios da tecnologia

Podemos dizer que a hiperconvergência é a personificação do data center baseado em software, com um gerenciamento unificado para cada uma de suas camadas. Esse gerenciamento baseado em software fornece a flexibilidade, agilidade e simplicidade que os negócios demandam da TI.

Antes da HCI o time de TI precisava recorrer a recursos de armazenamento (storage) e processamento (servidores) separadamente, isso exigia demora na construção de projetos, alto custo de investimento e conhecimento operacional pesado da equipe de administração. Com o uso da hiperconvergência a integração dessas camadas é feita por meio de um único software de gerenciamento, reduzindo custos, oferecendo agilidade para a TI e entregando menos complexidade operacional.

Se o seu negócio precisa de alta disponibilidade, segurança de dados e escalabilidade, a hiperconvergência também é o caminho. O gerenciamento de sistemas com base em software permite a duplicação ou redundância de todo o ambiente de infraestrutura por meio dos seus nós independentes e de maneira isolada, inclusive para nuvem, entregando uma solução totalmente híbrida para qualquer tipo de negócio. Deste modo, os backups e a recuperação de desastres são parte integral de toda a infraestrutura.

A capacidade da HCI de integrar processamento e armazenamento em um único sistema de software oferece melhor desempenho para a área da TI e consequentemente traz melhores resultados para as organizações e negócios. A fácil escalabilidade é outro benefício que infraestruturas hiperconvergentes podem oferecer aos seus clientes. A HCI tem a capacidade de acrescentar camadas conforme necessário, adicionando nós a clusters ou unidades de armazenamento a nós existentes sem uma grande mudança na infraestrutura, tornando aplicações nativas da nuvem em cargas de trabalho comuns sem complexidade.

VMware vSAN é o software líder para HCI

A VMware, empresa líder em virtualização de máquinas, desenvolveu o vSAN, componente básico de um data center definido por software. O vSAN é um software que ajuda os clientes na evolução e modernização de seus data centers. Entregando uma experiência operacional consistente e desempenho totalmente flash, fazem dele a principal opção de software de HCI para implantações locais ou na nuvem.

O vSAN é um software de armazenamento totalmente integrado ao vSphere para máquinas virtuais e contêineres, o que fornece uma arquitetura de alta performance. Por suas características de garantia da continuidade dos negócios, segurança e desempenho de próxima geração o vSAN foi vencedor de três prêmios “Produto do Ano” no setor.

A infraestrutura hiperconvergente fornecida pela VMware através do vSAN oferece evolução simples para HCI de pilha completa, flexibilidade mais ampla e recursos multi-cloud.

Para conhecer mais sobre o vSAN, acesse a página do produto em nosso site http://ingrammicro.nossainscricao.com.br/vmware/sobre-vsan/ e descubra porque o software de hiperconvergência da VMware é adotado por mais de 7 mil clientes em todos os setores da indústria.

A Ingram Micro Brasil está promovendo a Semana da Hiperconvergência, entre 22 e 26/04, com condições especiais para compra de soluções hiperconvergentes da VMware. Aproveite agora essa oportunidade para fechar bons negócios e evoluir o data center de seu cliente para o futuro!

Ingram Micro Brasil renova Solution Center em São Paulo

A partir de agora, centro servirá de incubadora para clientes e parceiros no desenvolvimento de novas soluções de tecnologia. IBM é uma das empresas parceiras. Dell EMC, Lenovo e NVIDIA devem instalar seus equipamentos em breve

Solution Center no escritório de São Paulo da Ingram Micro Brasil

A Ingram Micro Brasil acaba de atualizar seu Solution Center em São Paulo para fomentar a inovação e criar soluções para a Indústria 4.0. Agora, o único laboratório desse tipo da Ingram Micro no Brasil está ainda mais bem equipado com avançada tecnologia e servirá de incubadora para clientes e parceiros no desenvolvimento de novas soluções de TI. “O novo Solution Center passa a ser um ecossistema para clientes, como fornecedores indepentes de softwares (ISVs), integradores de sistemas (SIs), provedores de serviços gerenciados (MSPs), revendedores de valor agregado (VARs), e fabricantes que buscam oportunidades de vendas que vão além das soluções tradicionais”, diz Roberto Gero, diretor de Advanced Solutions da Ingram Micro Brasil.

Antes, o centro contava com as principais tecnologias de fornecedores da Ingram Micro basicamente  para parceiros e clientes conhecerem e ‘experimentarem’ o que tinha disponível no mercado, fazer treinamentos práticos, POCs (Provas de Conceito) e assistir a apresentações e simulações. Agora, eles poderão desenvolver, fazer demonstrações, testes e avaliações com soluções de empresas como a IBM, já que as máquinas estarão interligadas ao Centro de Excelência IBM. “Será possível desenvolver soluções cognitivas com plataformas como a PowerAI Vision da IBM, um conjunto de ferramentas intuitivo que ajuda a criar modelos Vision sem precisar de conhecimento em deep learning ou codificação. Outras possibilidades são as demonstrações de SAP Hana em servidores IBM® Power Systems™ ou de armazenamento no IBM Storage, utilizando soluções em desenvolvimento de sistemas (SDS)”, explica Gero. Outros parceiros como Dell EMC, Lenovo e NVIDIA também vão fornecer e instalar equipamentos no Solution Center em breve.

Segundo o diretor de Advanced Solutions da Ingram Micro Brasil, o novo Solution Center também tem programas para desenvolvimento de parceiros de negócios com foco na Indústria 4.0 e tecnologias disruptivas. A expectativa é que os clientes da Ingram Micro apresentem e disponibilizem suas soluções para novos fabricantes que tenham interesse em usar a expertise da distribuidora para alavancar vendas com valor agregado. “Hoje, existem diversas tecnologias disponíveis no mercado e o cliente da nossa revenda precisa de alguém que conheça a melhor forma de integrar soluções. É nesse ponto que nos destacamos”, explica Gero.

Para potencializar a criação de soluções e fomentar ainda mais negócios com o Solution Center, a Ingram Micro vai fazer parcerias com outras empresas para alcançar novas revendas com soluções de analytics, cloud, mobile, cognitivas, Big Data, e por segmento, como governo, saúde, retail, finanças e agronegócios.

Para a criação do novo centro, a Ingram Micro aumentou sua equipe com profissionais. “Dobramos a área de Arquitetura e Serviços, que hoje é formada por especialistas de mercado certificados e que atuam com foco em segmentos específicos. O Solution Center será administrado por essa área, que ficará responsável  desde o desenho da solução, passando pela fase de instalação e acompanhamento durante todo o ciclo de vida do ambiente, incluindo o controle de agenda de utilização, administração, atualização e suporte técnico”, explica Gero.