Ingram Micro é a nova distribuidora da ESET no Brasil

As soluções de segurança atendem as necessidades e exigências dos mercados de negócios

A ESET, empresa líder em detecções proativas de ameaças está ampliando sua parceria com a Ingram Micro, a maior distribuidora de tecnologia do mundo, que passa a oferecer todo o portfólio de soluções de segurança da informação da ESET no Brasil.

Esta parceria é importante dado ao sucesso que tivemos com a Ingram Micro, em outros países como México e Estados Unidos, e vem complementar o crescimento da ESET nos últimos anos. Por meio de nosso portfólio de soluções a estratégia é a ampliação da nossa rede de canais em todo o Brasil”, disse Carlos Baleeiro, Country Manager da ESET no Brasil.

As soluções que estarão disponíveis, atendem às necessidades e exigências dos mercados PME e Enterprise, como plataformas de proteção para endpoint e gerenciamento remoto (on-premise/nuvem); endpoint detection & response (EDR); sandbox de segurança na nuvem; proteção para servidores, email e sharepoint; proteção para ambientes de virtualização; criptografia para endpoints e o duplo fator de autenticação.

Analisando a composição dos produtos ofertados, entendemos que podemos criar packs de soluções sob o conceito cross sales de forma atrativa, com os quais o canal passa a entregar muito além de um sistema de antivírus, uma solução com valor agregado de maior lucratividade aos negócios. O objetivo é tornar a ESET visível junto aos canais da Ingram Micro por meio de ações regionais em todo o país”, comenta Alexandre Nakano, diretor de network e segurança da Ingram Micro Brasil.

Com a Ingram Micro, já são três distribuidores dos produtos e soluções da ESET no Brasil. Atualmente a empres está em mais de 200 países e protege mais de 100 milhões de usuários.

No México, os resultados desta parceria representam maior crescimento do mercado. “Com a inclusão no Market Place da Ingram Micro, trazemos para os distribuidores todo o portfólio de soluções de segurança da ESET no mercado mexicano, permitindo aos distribuidores uma resposta imediata aos seus clientes.”, disse o country manager da ESET no México Luiz Arturo Vazquez.

Com o portfólio ESET, a expectativa é atingir e atender os mais diversos canais entre pequenas, médias e grandes empresas. “Vamos atender os canais de maior aderência, os que possuem DNA no mercado de cibersegurança e canais pioneiros com visão multidisciplinar, que veêm na ESET o diferencial para seus negócios”, celebra Nakano.

Os parceiros da Ingram Micro Brasil interessados em revender as soluções da ESET podem entrar em contato direto com a gerente de unidade Marisa Cogo pelo e-mail marisa.cogo@ingrammicro.com

Ingram Micro é a primeira distribuidora da Quanergy no Brasil

Sensores e soluções de sensoriamento inteligente LiDAR entram para o portfólio de segurança e IoT da distribuidora.

A Ingram Micro Brasil é a primeira distribuidora da Quanergy, líder global no desenvolvimento e fabricação de sensores e soluções de sensoriamento inteligente LiDAR (Light Detection And Ranging), no Brasil.

“A solução Quanergy LiDAR complementa nosso portfólio de segurança e IoT. Entre as soluções estão as de segurança de perímetro, de gerenciamento de multidões e contagem de pessoas e eventos, que contam com tecnologia óptica de detecção remota”, diz Alexandre Nakano, Diretor de Segurança e Redes da Ingram Micro Brasil. “São soluções de altíssima precisão, orientação e intensidade, mesmo a longa distância”, completa Nakano.

Empresas de diversos segmentos serão atendidas pela Ingram Micro, como as de mineração, indústria, transporte, segurança, energia e finanças.  “Queremos atingir todo o nosso ecossistema atual de canais e conquistar novos parceiros, bem como ajudar a expandir a Quarnegy para toda a América Latina. Esse segmento de mercado é novo e crescente”, afirma o diretor da Ingram Micro Brasil. Segundo a IDC Brasil, o segmento de IoT deve movimentar US$ 745 bilhões no mundo em 2019, com potencial para ultrapassar a marca de US$ 1 trilhão em 2022. Já os investimentos em machine learning e inteligência artificial para o setor de segurança devem chegar a US$ 671 milhões.

Nossa meta é ser a principal distribuidora de segurança em TI no País, e a Quanergy nos ajudará a alavancar a venda de soluções de segurança física e sistemas integrados, de cidades inteligentes e defesa, além de produtos de infraestrutura, como switches, servidores e segurança de rede”, afirma Nakano. Segundo ele, a fabricante também traz novas oportunidades de negócios. “A Quanergy traz consigo outros parceiros em que a Ingram poderá se associar para entregar soluções únicas ao mercado”. Para Gary Saunders, Diretor de Receita (Chief Revenue Officer) da Quanergy, as soluções de segurança baseadas em LiDAR trazem um valor diferenciado à estratégia da distribuidora.

Em relação à expectativa, a Quanergy acredita que a Ingram Micro aumentará sua exposição e reconhecimento no Brasil. “Ao escolhê-la como nossa distribuidora, pretendemos alavancar os recursos técnicos, parcerias com integradores dos ecossistemas e relacionamentos com clientes para solidificar a Quanergy como líder indiscutível em soluções de sensoriamento inteligente baseadas em LiDAR no Brasil”, finaliza o diretor da Quanergy.

Ingram Micro Brasil cria a Ingram Micro Cybersecurity, divisão de cibersegurança

Com equipe técnica altamente qualificada, nova divisão Ingram Micro Cybersecurity será a ponte entre fabricantes e revendedores, que terão apoio em toda a jornada para atender a seus clientes com a solução de segurança mais adequada para a sua demanda

Não importa o tamanho ou o setor da empresa, ser anônimo ou celebridade, uma coisa é certa: todos estão – ou deveriam estar – preocupados com a segurança digital e com a infinidade de dados compartilhados na web. Considerando que a internet das coisas já é uma realidade, conectar-se com segurança e garantir a proteção dos dados, tanto pessoais quanto corporativos, se torna um desafio ainda maior e mais urgente. Pensando nisso, e em consolidar sua posição de parceiro do mercado para soluções de segurança da informação, a Ingram Micro Brasil criou a Ingram Micro Cybersecurity, uma divisão focada em atender o canal revendedor tanto do ponto de vista técnico como comercial.

 “Já trabalhávamos com diversas ‘brands’ de segurança, e com a nova divisão aumentaremos os esforços e o foco nesse mercado.  Não há mais como protelar investimentos nessa área e nem como fazer escolhas erradas, e é aí que uma equipe especializada pode apoiar adequadamente as revendas, do pré ao pós-venda”, diz Alexandre Nakano, diretor de network e segurança da Ingram Micro Brasil.  Ele lembra que, segundo a IDC, só no Brasil os ataques de hackers, vírus e ransomwares, entre outras pragas virtuais, geraram cerca de US$ 10 bilhões em prejuízo no ano passado. “Agora é investir e acertar e a Ingram Micro Cybersecurity quer ser a interface nessa jornada”, diz Nakano, completando que hoje são mais de dois mil fabricantes de soluções de segurança digital e que essa ampla oferta também tem que ser avaliada. “Saber qual produto atende à demanda de nossas revendas, que por sua vez atende seus clientes, vem se tornando cada vez mais complexo. Como distribuidor líder de mercado, temos o papel de criar a ponte entre a revenda e oferecer a melhor solução”, afirma.

Com a nova divisão, a Ingram Micro Brasil reforça a   ajuda ao  seus  parceiros e seus clientes, seja com soluções especificas para garantir a segurança e a privacidade de dados pessoais, seja  difundindo os detalhes da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, que entra em vigor  no  ano que vem e cria uma regulamentação para o uso, proteção e transferência de dados pessoais no país, nos âmbitos privado e público. Nesse momento, a divisão Ingram Micro Cybersecurity está focada principalmente em desenvolver novos mercados para os fabricantes, aproveitando-se de atributos exclusivos como sua capilaridade e portfólio. “Temos escritórios em  São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Porto Alegre, vendedores locais em Curitiba-PR, Joinville-SC, Belo Horizonte – MG,  Recife – PE, Salvador – BA e no interior de São Paulo, e somos líderes no mercado de distribuição de TI, o que garante uma grande oportunidade de cross selling”, explica Nakano.  Além disso, o diretor da Ingram Micro Brasil destaca a capacidade da distribuidora de trabalhar com o setor público e de comercializar soluções em cloud por meio da plataforma Ingram Micro Cloud Marketplace.

Para suas revendas, a nova divisão de cibersegurança da Ingram Micro ainda oferecerá uma equipe técnica altamente qualificada, capaz inclusive de fazer provas de conceito (PoC). Também estão previstas ações como o Engage Ingram Micro, road shows realizados em várias capitais para mostrar o potencial do mercado de cibersegurança e para conectar fabricantes com o ecossistema de canais.

Com a Ingram Micro Cybersecurity, a expectativa da Ingram Micro é, até 2020, dobrar o volume de negócios com soluções de cibersegurança. “Para isso, estamos focando no desenvolvimento das novas soluções com os quais fechamos parceria recentemente, e no cross selling das marcas de infraestrutura que já comercializamos”, conclui o diretor de network e segurança da Ingram Micro Brasil.