Posts

Ingram Micro Brasil anuncia parceria com a ViewSonic

Monitores e projetores profissionais já estão à disposição de revendedores de todo o país que buscam a alta qualidade da líder global de soluções visuais e as facilidades que só um distribuidor com o a Ingram Micro oferece

A Ingram Micro Brasil, subsidiária da maior distribuidora mundial de TI, anuncia mais um acordo de distribuição, desta vez com a ViewSonic®, líder global de soluções visuais e de projeção, para distribuir monitores e projetores profissionais.

“A ViewSonic é um importante parceiro da Ingram Micro em todo o mundo. Com certeza iremos repetir esta parceria de sucesso aqui no Brasil e estamos confiantes em oferecer mais uma marca de renome e confiabilidade aos nossos clientes, expandindo e complementando nosso portfólio de produtos”, diz Sandra Fantoni, diretora de produtos de Commercial & Consumer e Marketing da Ingram Micro Brasil.

Entre as soluções ViewSonic que a Ingram Micro já está oferecendo a seus mais de 10 mil revendedores em todo o Brasil, estão os monitores profissionais e de negócios da premiada linha VP, como o novo VP3881 de tela curva de 38 polegadas e surpreendente resolução (3840×1600), ideal para edição de vídeo profissional e fotografia; e o VX4380-4K, um monitor de 43 polegadas que permite dividir a tela vertical e horizontalmente e é perfeito  para executar várias tarefas simultaneamente, aumentando a produtividade e a eficiência no ambiente profissional. Com a nova parceria, também já estão disponíveis na Ingram Micro as novidades da ViewSonic em produtos de projeção de alto brilho e precisão de cor, como o elegante PX800HD, ideal para salas multimídia ou áreas de convivência; o ViewSonic LS620X, projetor laser de curta distância indicado para salas de aula e de reuniões, e o projetor LED ultra-portátil, M1, que pesa menos de 1 kg e é perfeito para profissionais que precisam se mover com frequência.

Além dos monitores e projetores profissionais, a ViewSonic tem outras linhas de produtos e tecnologias, incluindo soluções interativas para o segmento educacional e monitores ideais para jogos, verticais de negócios que também estão no radar da Ingram Micro e que oportunamente podem gerar bons negócios para ambas as empresas.

Temos produtos para quase todas as aplicações, e um parceiro como a Ingram Micro é fundamental para consolidar nossa marca, aumentar a presença da ViewSonic no Brasil e fortalecer nossas relações com o canal”, diz Marcos Paredes, gerente de território no Uruguai, Paraguai e Brasil para ViewSonic.

Para conhecer todo o portfólio de produtos ViewSonic oferecidos pela Ingram Micro Brasil, acesse o nosso e-commerce.

Ingram Micro Brasil anuncia a distribuição de soluções Plantronics no país

Ingram Micro inicia o acordo com a Plantronics no Brasil focando no setor de call center e cuidado especial em projetos de comunicação unificada

A Ingram Micro Brasil anuncia acordo de distribuição com a Plantronics e passa a oferecer a seus revendedores no país o portfólio de headsets da líder global em soluções de áudio. Inicialmente, o foco da Ingram Micro será nas soluções e lançamentos da Plantronics para o mercado empresarial, portfólio que atende as necessidades de comunicação de pequenas e médias empresas, multinacionais e gigantes de call center.

“Com a convergência das soluções tradicionais de voz para o mundo IP, a demanda de headsets com e sem fio está em franco crescimento, tanto em posições de call center como no ambiente administrativo. Além disso, temos cada vez mais empresas apoiando e incentivando o trabalho remoto”, diz Alexandre Nakano, Diretor de Negócios de IoT da Ingram Micro Brasil, justificando a importância de ter a linha de produtos da Plantronics no portfólio. Ao mesmo tempo, destaca Alexandre, essa parceria atende o desejo das revendas de encontrarem e centralizarem suas demandas em um único distribuidor. “As soluções da Plantonics têm aderência a muitos projetos e solicitações do mercado e se encaixam perfeitamente em nossa estratégia de cross selling”, explica.

As possibilidades de cross selling e a capilaridade da Ingram Micro também são destacadas pela Plantronics. “A Ingram Micro Brasil vai nos ajudar a chegar em centenas e milhares de canais onde hoje não estamos ativamente presentes e permitir ofertas em conjunto com outras soluções de voz, software e colaboração”, diz Vera Thomaz, Senior Territory Manager da Plantronics. Segundo ela, a Ingram Micro é um distribuidor estratégico para a Plantronics ao redor do mundo, e, no Brasil, igualmente a expectativa é de conquistar novos canais e usuários. “Somos uma empresa com operação em todos os continentes e ter um parceiro com as mesmas características de posicionamento global, de sinergia no desenvolvimento da potencialidade de verticais como comunicações unificadas, por exemplo, é fundamental para nosso sucesso”, avalia Vera. “Somos o complemento ideal quando o revendedor estiver em um processo de vendas de soluções de contact center, de comunicações unificadas e de colaboração. Temos soluções para qualquer perfil de cliente, desde os padrões tradicionais de comunicação e telefonia até clientes 100% formatados em mobilidade e comunicação na nuvem.  Como a Ingram Micro Brasil tem parceiros com aderência à todo esse espectro comercial, seremos melhores juntos”, finaliza a Senior Territory Manager da Plantronics.

Além das soluções Plantronics para o mercado empresarial já disponíveis pela Ingram Micro para sua rede de mais de 10 mil canais, a distribuidora estuda um modelo de comercialização dos produtos para uso pessoal. “O mercado de posições de call center onde a Plantronics é líder continua sendo nosso foco, mas projetos de comunicação unificada, com a oferta de soluções sem fio para conferência e uso pessoal estão no radar e, inclusive, podem vir a ter um time da Ingram Micro dedicado ao apoio às revendas”, completa o Diretor de Negócios de IoT da Ingram Micro Brasil.

Ingram Micro passa a distribuir soluções produtos da Wacom no Brasil

wacom2

Parceria abrange todo portfólio da fabricante de mesas digitalizadoras interativas e canetas digitais

A Ingram Micro Brasil, acaba de anunciar acordo de distribuição com a Wacom e passa a distribuir os produtos da marca no país como as mesas com caneta sensível à pressão que permitem trabalhar diretamente na tela, monitores interativos e mesas digitalizadoras.

“A parceria reforça nosso objetivo de oferecer soluções direcionadas ao mercado corporativo, incluindo pequenas, médias e grandes empresas. Também amplia nossa oferta na área educacional. As soluções Wacom podem ser utilizadas tanto por profissionais de edição e design, como por estudantes ou pessoas que têm o hobby desenhar”, diz Sandra Fantoni, diretora de Marketing e Produtos Commercial & Consumer da Ingram Micro Brasil.

Para a Wacom, a parceria amplia o alcance da marca no país. “A Ingram Micro é uma distribuidora global que conta com todos os atributos necessários para contribuir com a estratégia de expansão dos negócios da Wacom no Brasil. Contar com um parceiro logístico especializado em tecnologia reforça nosso compromisso em aprimorar a nossa entrega e assegurar a melhor experiência ao usuário brasileiro”, afirma Thiago Machado, gerente Geral da Wacom no Brasil.

A partir de agora, a Wacom, que tem 100% de suas vendas feitas via canal, passa a contar com o ecossistema de negócios da Ingram Micro, incluindo a ampla rede de revendas em todo o país, atendida por uma operação logística e estoque local, o que garante o menor prazo de entrega. A Ingram Micro também tem plataforma de e-commerce com frete grátis e um portfólio de soluções financeiras – IM Linha Fácil -, que atende praticamente todas as demandas de uma revenda. Além disso, oferece treinamentos às equipes e unidades de negócios internos da Ingram Micro e às equipes de vendas, pré-vendas e produtos de todas as revendas.

Sobre a Wacom

Fundada no Japão em 1983, a Wacom é uma companhia global com escritórios em todo o mundo que suportam a distribuição e vendas em mais de 150 países. Por mais de 30 anos, a Wacom tem trabalhado com as mais criativas pessoas e organizações para inspirar e equipar estes públicos e fazer do mundo, um lugar mais criativo. Os produtos da Wacom têm sido usados por consumidores leais para criar alguns dos conteúdos mais emocionantes relacionados à arte digital, filmes, efeitos especiais, moda e designers de produtos. Além disso, os produtos desempenham também um papel significativo em tornar a tecnologia acessível de uma forma natural e intuitiva por meio de mesas digitalizadoras, tablets, canetas digitais, displays interativos, soluções de interface digital e eDocument. Assim, oferecem a possibilidade dos usuários de todo o mundo expressarem sua criatividade digitalmente, sejam eles artistas, executivos ou toda e qualquer pessoa que aprecie a criatividade. A empresa também oferece seus produtos como soluções OEM através do Wacom Feel IT Technologies, integrada a PCs, tablets e smartphones dos principais fabricantes mundiais.

 

Para mais informações sobre os produtos da Wacom, visite:  http://www.wacom.com

Ingram Micro espera fechar ano com crescimento de até 15% no Brasil

A distribuidora de soluções e serviços de TI Ingram Micro (IM) espera fechar o ano com um crescimento de “10% a 15%” no mercado brasileiro, afirmou o vice-presidente e CEO da empresa no país, Diego Utge, durante um evento de balanço anual de negócios com clientes da empresa, nesta quarta-feira (14).

A companhia só deve consolidar os resultados do último trimestre fiscal de sua operação nas próximas duas semanas, mas viu um bom momento para o desenvolvimento de negócios no país, mesmo com a retração econômica observada por vários setores da indústria nacional.

“Tudo indica que no ano que vem, nos indicadores econômicos e de confiança dos consumidores, nós começaremos a ver sinais positivos”, avaliou Utge. “Nossa base de canais tem crescido muito e estamos muito otimistas para continuar esse crescimento no ano que vem”.

Os resultados positivos no país vieram em um ano agitado para a empresa por aqui, marcado pela conclusão do seu processo de integração de times e ativos com a distribuidora Ação Informática – adquirida pela IM em outubro de 2015. “A gente conseguiu manter os recursos, investir novos recursos e hoje já somos uma companhia integrada, com pouca disrupção no nosso negócio”, comentou o executivo.

Globalmente, a Ingram também passou por uma transformação interna, após sua aquisição pelo grupo chinês HNA, em uma negociação que foi avaliada em US$ 6 bilhões. O processo foi encerrado oficialmente na semana passada e agora deve dar mais “fôlego” e capacidade de investimento para empresa em mercados emergentes – em um total de US$ 90 bilhões em ativos.

Um dos potenciais de expansão que a companhia ainda vê no Brasil é no setor de cloud. Em setembro, a IM anunciou o lançamento de seu marketplace de serviços de nuvem para revendas no país, um dos pilares da estratégia da empresa para alavancar a demanda pela tecnologia no país. Hoje, o Brasil já é o quarto principal mercado de nuvem para a IM no mundo, atrás somente dos Estados Unidos, Austrália e do Reino Unido.

Em 2017, a IM espera adicionar ao menos oito parceiros para a plataforma no país, incluindo soluções de segurança da Sophos, RSA e Trend Micro, ferramentas de CRM da SugarCRM, storage com Dropbox, IBM Watson e soluções gráficas para ambientes virtualizados com a Nvidia.

Para suportar a expansão, a companhia deve continuar a reforçar sua estratégia junto a canais, mas também expandir a presença física com mais engenheiros de pré-venda no país, para diminuição de ciclos de vendas, auxílio aos parceiros e exploração de novas possibilidades de negócios.

“No Brasil, nesses tempos difíceis nós não diminuímos custos operacionais, nós investimos”, comentou o vice-presidente da Ingram Micro para Américas, Paul Bay. “Nós sabemos que no longo prazo isso é uma oportunidade. Não importa o que digam sobre o PIB ou sobre a economia, a tecnologia é pode ajudar a resolver essas questões”.

A empresa não abriu números para o país, mas tem hoje um faturamento de superior a US$ 18 bilhões nos 42 mercados em que atua nas Américas, com 50 mil clientes na região.

Fonte: Canaltech

Jornalista: Rafael Romer