Posts

Ingram Micro é a primeira distribuidora da Quanergy no Brasil

Sensores e soluções de sensoriamento inteligente LiDAR entram para o portfólio de segurança e IoT da distribuidora.

A Ingram Micro Brasil é a primeira distribuidora da Quanergy, líder global no desenvolvimento e fabricação de sensores e soluções de sensoriamento inteligente LiDAR (Light Detection And Ranging), no Brasil.

“A solução Quanergy LiDAR complementa nosso portfólio de segurança e IoT. Entre as soluções estão as de segurança de perímetro, de gerenciamento de multidões e contagem de pessoas e eventos, que contam com tecnologia óptica de detecção remota”, diz Alexandre Nakano, Diretor de Segurança e Redes da Ingram Micro Brasil. “São soluções de altíssima precisão, orientação e intensidade, mesmo a longa distância”, completa Nakano.

Empresas de diversos segmentos serão atendidas pela Ingram Micro, como as de mineração, indústria, transporte, segurança, energia e finanças.  “Queremos atingir todo o nosso ecossistema atual de canais e conquistar novos parceiros, bem como ajudar a expandir a Quarnegy para toda a América Latina. Esse segmento de mercado é novo e crescente”, afirma o diretor da Ingram Micro Brasil. Segundo a IDC Brasil, o segmento de IoT deve movimentar US$ 745 bilhões no mundo em 2019, com potencial para ultrapassar a marca de US$ 1 trilhão em 2022. Já os investimentos em machine learning e inteligência artificial para o setor de segurança devem chegar a US$ 671 milhões.

Nossa meta é ser a principal distribuidora de segurança em TI no País, e a Quanergy nos ajudará a alavancar a venda de soluções de segurança física e sistemas integrados, de cidades inteligentes e defesa, além de produtos de infraestrutura, como switches, servidores e segurança de rede”, afirma Nakano. Segundo ele, a fabricante também traz novas oportunidades de negócios. “A Quanergy traz consigo outros parceiros em que a Ingram poderá se associar para entregar soluções únicas ao mercado”. Para Gary Saunders, Diretor de Receita (Chief Revenue Officer) da Quanergy, as soluções de segurança baseadas em LiDAR trazem um valor diferenciado à estratégia da distribuidora.

Em relação à expectativa, a Quanergy acredita que a Ingram Micro aumentará sua exposição e reconhecimento no Brasil. “Ao escolhê-la como nossa distribuidora, pretendemos alavancar os recursos técnicos, parcerias com integradores dos ecossistemas e relacionamentos com clientes para solidificar a Quanergy como líder indiscutível em soluções de sensoriamento inteligente baseadas em LiDAR no Brasil”, finaliza o diretor da Quanergy.

Soluções Cisco entram para o Ingram Micro Cloud Marketplace

Cisco Webex e Cisco Umbrella entram para a plataforma multivendor que dá maior agilidade no processo de compra e venda, desde a cotação até o fechamento, garante melhor rentabilidade mensal à revenda e contribui para a fidelização do cliente final.

O Ingram Micro Cloud Marketplace acaba de incluir duas novas soluções da Cisco em seu portfólio. A partir de agora, a plataforma da Ingram Micro que permite ao revendedor comprar, provisionar, gerenciar e faturar serviços em cloud dos maiores fornecedores globais do mercado de TI, conta também com o software de conferência Cisco Webex e com o serviço de segurança na nuvem Cisco Umbrella. “Ambas as ofertas são muito aderentes a todos os mercados e a empresas de todos os portes, e a adoção cresce de forma exponencial”, diz Alexandre Nakano, diretor de IoT da Ingram Micro Brasil, confiante que as facilidades oferecidas pelo marketplace da Ingram Micro irão colaborar para o sucesso ainda mais rápido e maior do Cisco Webex e Cisco Umbrella.

O Cisco Webex é um software de videoconferência para fazer apresentações sem fio, desenhar no quadro digital, realizar chamadas de áudio e vídeo e compartilhar anotações. Tudo isso é feito em um dispositivo all-in-one com áudio de alta definição e câmera 4K. Com apenas um clique é possível compartilhar dados e tela, e conversar entre equipes de trabalho sem configuração específica de Bluetooth e Wi-Fi, com a segurança da criptografia. “Ofertando vídeo, voz, mensagem e colaboração em uma única plataforma e com qualidade e segurança, a solução Webex garante aumento de produtividade e redução de custos”, acrescenta Nakano. Já o Cisco Umbrella, é uma plataforma de segurança na nuvem contra ameaças na internet, fácil de integrar com infraestruturas existentes. Segundo Nakano,é a primeira linha de defesa em nuvem contra ameaças da Internet. “Trata-se de uma solução reconhecida de segurança onde os clientes podem manter seus negócios seguros contra invasores”, completa o diretor.

Com as novas ofertas Cisco, o Ingram Micro Cloud Marketplace passa a oferecer 25 soluções nas categorias backup e disaster recovery, aplicações empresariais, serviços de ativação em nuvem, comunicação e colaboração, educação, infraestrutura e segurança. São softwares e serviços de  dez fabricantes diferentes e 100% integrados, que já atendem a mais de 900 parceiros ativos e 1.600 parceiros registrados. “Com essa estrutura, as vendas de cloud via marketplace estão mais que dobrando ano a ano”, afirma Nakano. Segundo ele, o mercado brasileiro de distribuição de TI está passando por um momento de transformação da venda  tradicional para a oferta de soluções via cloud, e a Ingram Micro Brasil está tendo sucesso ao seguir essa tendência. “O Ingram Micro Cloud Marketplace já contabiliza  180 mil seats e, em breve, deve alcançar a marca de 200 mil seats”, afirma Nakano.

A oferta do Cisco Webex e Cisco Umbrella deverá contribuir para essa projeção. “Nossa plataforma de marketplace permite ao parceiro a automação de todo processo, desde a cotação até o fechamento do negócio. Isso amplifica as vantagens da adoção das ofertas de “receita recorrente” Webex e Umbrella, onde o modelo de negócio garante tanto rentabilidade mensal aos nossos parceiros como maior fidelização de seus clientes”, finaliza Nakano.

Para saber mais sobre o Ingram Micro Cloud Marketplace, visite o site https://br.cloud.im/.

Ingram Micro anuncia Daniela Rosa como diretora executiva para a América Latina

Nomeação reforça estratégia da distribuidora de seguir investindo em lideranças e práticas de tecnologia por toda a região

Na última quinta-feira, 27/09, a Ingram Micro Inc, nomeou Daniela Rosa como diretora executiva de Global Partner Engagement para a América Latina. A iniciativa mostra o compromisso da Ingram Micro em investir continuamente no engajamento e nas melhores práticas de lideranças do mercado de TI.

Daniela Rosa, diretora executiva de Global Partner Engagement para a América Latina da Ingram Micro

Nesta posição, e sob a orientação de Sabine Howest, vice-presidente de Global Partner Engagement, Rosa e sua equipe irão trabalhar com os diretores locais da Ingram Micro, liderando os esforços de entrada na América Latina dos parceiros globais da distribuidora que são focados em soluções avançadas e serviços especializados, e garantindo que os planos de crescimento nesses setores sejam desenvolvidos e executados.

“O mercado latino-americano está cheio de oportunidades de crescimento em diferentes tecnologias emergentes e estabelecidas, bem como em serviços de TI, incluindo Cloud, colaboração, dados, IoT, networking e segurança”, disse Rosa. “A Ingram Micro é conhecida em todo mundo como parceira de negócios preferencial de fornecedores de TI e do canal. Estou muito feliz de me juntar à equipe de liderança da Ingram Micro e contribuir para o sucesso contínuo de nossa empresa e dos parceiros de canal que atendemos.”

Com 20 anos de experiência no canal de TI da América Latina, Rosa ingressou no setor como controller em finanças e expandiu sua carreira em vendas, marketing e gerenciamento de fornecedores, ocupando cargos regionais relacionados a P&L e promovendo alianças com canais e fornecedores de software como Dell Software Group, VMWare e Autodesk.

“Temos o prazer de receber Daniela na Ingram Micro, já que sua carreira e experiência em vendas, gestão financeira e desenvolvimento de canais trazem uma valiosa experiência para nossa equipe”, disse Howest. “Nosso negócio na América Latina está crescendo rapidamente e continuamos comprometidos em investir no talento e recursos para ser um parceiro de negócios indispensável para o canal”.

Demonstrando seu sucesso crescente na América Latina, a Ingram Micro recentemente organizou seu primeiro evento ONE Ingram Micro LATAM em Orlando, Flórida. Realizado no início de setembro, o evento estreou com mais de 900 participantes, incluindo fornecedores de TI e parceiros de canal. As informações do evento podem ser encontradas nas redes sociais com a hashtag #ONEIngramLATAM.

Ingram Micro e Barco anunciam parceria para a distribuição no Brasil

Distribuidora será a única a oferecer o WePresent, sistema de apresentação sem fio para salas de aula. Além do setor de educação, objetivo da Ingram Micro é ganhar mercado nos segmentos corporativo, automotivo, saúde, segurança, transportes e entretenimento.

A Ingram Micro Brasil, subsidiária da maior distribuidora mundial de TI, acaba de fechar uma parceria com a Barco, empresa global de tecnologia, que oferece soluções de colaboração sem fio e visualização tais como; projetores profissionais, monitores para área de saúde, vídeo walls, painéis de LED e softwares. A distribuição começará com a oferta exclusiva da solução de conectividade WePresent, sistema de apresentação sem fio para salas de aula, de baixo investimento, interface simples, totalmente configurável e baseada em aplicativos para ambientes BYOD. A novidade estará disponível a partir de outubro no estoque da Ingram Micro.

A Ingram Micro distribuirá também  projetores da linha profissional de instalação fixa.

A Barco tem investido sistematicamente no desenvolvimento da distribuição e canais no país como parte de uma estratégia de crescimento, e a Ingram Micro é fundamental nesse processo. Nosso objetivo é alcançar novos parceiros de diversos segmentos, sobretudo canais de tecnologia focados na vertical de educação”, diz Rodrigo Fusco, gerente nacional de vendas da Barco. “Escolhemos a Ingram por sua solidez, capilaridade de mercado e know-how na distribuição de valor agregado, iniciando sua jornada com o lançamento do WePresent no mercado brasileiro”, completa Fusco.

As soluções Barco atendem a diferentes setores, como ambientes corporativos, automotivo, educação, saúde, segurança, transportes e entretenimento. Os projetores, em especial, são voltados para eventos, arenas, estádios, hotéis, centros de convenções etc. “São produtos que podem ser ofertados por revendas especializadas e, portanto, uma grande oportunidade, sobretudo aos canais que focam na automatização de salas e projetos de comunicação unificada”, diz Alexandre Nakano, diretor de IoT da Ingram Micro Brasil. “Vamos abastecer as revendas que atendem estes mercados, gerar oportunidades de negócios por meio de ações de marketing com a Barco e outras iniciativas junto aos clientes finais”, revela Nakano. Ele lembra que a Barco é líder de mercado e reconhecida pelo desenvolvimento tecnológico em diversas áreas e que a parceria vem ao encontro do esforço da Ingram Micro em oferecer soluções de comunicação unificada.

Para anunciar a chegada dos novos produtos, que estarão disponíveis tanto no portfólio de Advanced Solutions como de Commercial & Consumer, a Ingram Micro fará ações de marketing e promoverá eventos, inclusive para novos revendedores parceiros. A Barco também irá oferecer treinamentos em seu website e presenciais, com hands-on para instalação.

Nossa expectativa é de uma parceria duradoura e de sucesso. O conhecimento que a Ingram Micro detém na distribuição certamente permitirá que a Barco ofereça os produtos com excelência, não só para os clientes atuais, como também para novos clientes”, finaliza Fusco.

 

Com foco em IoT, Ingram Micro Brasil contrata Alexandre Nakano

Internet das Coisas já é realidade na distribuidora, que tem área de negócios específica de IoT e novo diretor

De olho nas tendências do mercado e se antecipando às demandas de fabricantes, revendedores e integradores, a Ingram Micro Brasil, subsidiária do maior distribuidor global de tecnologia, acaba de anunciar Alexandre Nakano como diretor de Negócios de IoT. “Todas as pesquisas apontam para o avanço da Internet das Coisas e a chegada de Nakano à nossa área de IoT é mais uma prova de que já estamos preparados para esse movimento e para atender nossos parceiros do canal”, diz Luis Lourenço, presidente da Ingram Micro Brasil.

Alexandre Nakano

Lourenço lembra que a IDC, por exemplo, estima que em 2018 o mercado doméstico de IoT no Brasil será responsável por US$612 milhões, e que mercado corporativo será superior a US$8 bilhões. “IoT avança rapidamente e a experiência e visão de negócios de Nakano contribuirão para o sucesso dessa área dentro da Ingram Micro e, consequentemente, para o crescimento dos nossos parceiros”, diz Lourenço.

Otimismo para viabilizar a estratégia de IoT da Ingram Micro também não falta ao novo diretor. “O direcionamento da Ingram para Internet das Coisas é bastante claro. A companhia sabe exatamente como atuar e o que pode oferecer para alavancar negócios para seus parceiros da indústria, para seus revendedores e seus respectivos clientes finais”, afirma Nakano. Segundo ele, a área está estruturada para atender mercados potenciais, com a oferta de soluções para cidades inteligentes e para verticais de saúde, transporte, manufatura, construção civil, automação industrial e agricultura. “IoT é um dos focos da Ingram Micro, juntamente com tecnologias voltadas para comunicação e colaboração, segurança lógica e segurança física. A adesão a essas tecnologias é vital para empresas que não podem mais adiar seus investimentos em   transformação digital, e a Ingram tem tudo para ajudar nesse processo”, completa o novo diretor.

Nakano contribuirá com seu trânsito e conhecimento de 16 anos no mercado, sempre em cargos de gestão e direção de vendas em grandes empresas do setor de TI, como Cisco System, Westcon/Comstor e Network1. Além da experiência profissional, Nakano traz na bagagem acadêmica dois MBAs executivos, sendo um em gestão corporativa pela FGV (2004), outro em finanças, pelo Insper (2012), e uma graduação em ciências e engenharia eletrônica (1997).